Lavadoura de Louças

O que é uma Lavadoura de Louças?

É o mesmo que Máquina de Lavar Louças.

Qual a função de uma máquina de lavar louça?

A limpeza genuína é entregue pela máquina de lavar louças, uma vez que o procedimento é organizado de maneira sistemática.

A termodesinfecção desempenha um papel importante ao higienizar os utensílios por completo. A eficácia da lavagem é significativamente maior ao remover as impurezas de forma profunda.

Qual a vantagem de se ter uma máquina de lavar louça?

Proporciona uma redução no uso de água, com a potencialidade de poupar até 85% comparado à lavagem manual na pia.

Quando operando com sua capacidade máxima, a máquina de lavar louças pode reduzir o consumo em até seis vezes; Além disso, economiza tempo, já que não é necessário lavar toda a louça manualmente.

6 dicas para lavar a louça (manualmente) de maneira mais eficiente

Prepare a louça

Para alcançar uma lavagem de louça mais eficaz, o ponto de partida é remover completamente quaisquer restos de comida de pratos e utensílios. Essa abordagem simplifica o processo de lavagem e também ajuda a evitar a propagação de bactérias.

Organize a louça

Organize os utensílios na pia de acordo com a sequência de lavagem. Caso haja uma grande quantidade, posicione os itens maiores, como panelas, na área do fogão.

Não é eficiente colocar pratos e outros itens menores embaixo de tudo, uma vez que eles serão os primeiros a serem limpos. Se a pia for espaçosa, é válido utilizar todo o espaço disponível para arrumar os utensílios sujos. Caso contrário, é uma boa opção deixar alguns objetos sobre o fogão até que seja o momento de lavá-los.

Observe a gordura

É recomendável começar a limpeza pelos itens com menos gordura e progredir para os mais gordurosos, pois isso resulta em uma economia de água e produtos de limpeza.

Iniciar pelo que possui menor teor de gordura, como copos, e avançar para talheres e outros itens é uma abordagem mais eficaz. Começar lavando panelas que foram usadas para fritura, contendo óleo, manteiga, azeite, e depois passar para copos que normalmente estão sujos de água ou suco, carece de lógica.

Escolha bons produtos

Contar com produtos de qualidade à disposição contribui para a eficácia da higienização dos utensílios. Portanto, é recomendável optar por artigos que possuam propriedades antibacterianas. Além disso, é crucial selecionar produtos adequados ao material a ser limpo, a fim de prevenir possíveis danos ou arranhões.

“Para evitar danos, é essencial utilizar esponjas específicas para os utensílios mais utilizados”, afirma Roberto. Entre os materiais que requerem maior cuidado, Milla destaca o teflon. “É necessário ter cautela especial com o teflon.

Evite usar o lado mais abrasivo da esponja. O mesmo princípio aplica-se ao utilizar colheres e espátulas de silicone, para não causar riscos no fundo das panelas. Uma sugestão adicional é recorrer a esponjas vegetais, que possuem biodegradabilidade.

Fique de monitorando a água

Acredita-se que durante o processo de lavagem de utensílios, são utilizados mais de 100 litros de água. Portanto, os especialistas recomendam a etapa inicial de ensaboar tudo antes de realizar o enxágue.

Além disso, quando não for possível lavar a louça imediatamente, é aconselhável umedecer os itens assim que eles forem colocados na pia, com o intuito de evitar a aderência da sujeira. Isso reduz a necessidade de um maior dispêndio de tempo e água durante a lavagem subsequente.

Não se esqueça de lavar a bucha e a pia

Realizar a desinfecção da esponja e da pia ao final do processo de limpeza é de extrema importância para evitar a presença de baratas, fungos, odores desagradáveis e bactérias. De acordo com Milla, é aconselhável substituir a esponja a cada duas ou três semanas. No que diz respeito à higienização da pia, o Dr. Bactéria enfatiza a relevância do uso de um produto desengordurante.

“É recomendável utilizar o lado amarelo da esponja para não causar arranhões na superfície de pedra ou inox; em seguida, empregar um rodo para remover o excesso de água. Finalizar com um pano absorvente para assegurar que toda a área fique adequadamente seca. É importante lembrar que a umidade é um ambiente propício para o desenvolvimento de bactérias.

Deixe um comentário